:: “Tinha esperança de encontrar ele vivo”, diz esposa de pastor achado morto no Maranhão

Geral

Geral


“Tinha esperança de encontrar ele vivo”, diz esposa de pastor achado morto no Maranhão

“Tinha esperança de encontrar ele vivo”, diz esposa de pastor achado morto no Maranhão

21 de jan. de 2022

/ Blog Lucas Moura


 Por Ivan Lima e Victor Melo


Janaína Rocha, esposa do pastor Carlos Alberto Oliveira Silva Júnior, concedeu entrevista coletiva no fim da tarde desta quinta-feira (20) na entrada do Instituto Médico Legal (IML) de Timon, onde foi fazer o reconhecimento do corpo do marido, encontrado em estado de putrefação na manhã de hoje em uma região de mata às margens da MA-034, no município de Caxias, no Maranhão. 


Bastante abalada, a esposa revelou que tinha esperanças de encontrar o marido com vida. Ela ainda deu detalhes sobre a relação do pastor e do corretor de veículos Raí Rodrigues Lima, também encontrado morto. Em entrevista a Rede Meio Norte, Janaína Rocha destacou também que o pastor estava na ‘hora errada e no momento errado’, quando entrou no veículo com Raí, apresentando novos cenários sobre o dia do desaparecimento.


“O vídeo que eu recebi ele tava de joelhos e quando eu vi, reconheci logo ele. Pelo o que tinham me passado, eu tinha esperança de encontrar ele vivo, eu tinha fé. Eu confesso que dentro do meu coração de mãe, eu queria ter recebido ele de volta. O Raí não era da igreja e não fazia parte do ciclo de amizades do pastor. O pastor ele só foi com o Raí por conta de um convite. Ele estava no lugar errado na hora errada. Quem era para ir era outra pessoa. Tão tal que eu perguntei quando ele entrou no carro: ‘meu amor, para onde você vai?’ Ele disse que ia com o Raí para ele não voltar só do aeroporto. O que o delegado falou não condiz com a verdade. Eles não eram amigos. Nós não conhecíamos o passado do Raí. Ele não era amigo próximo, era um pastor lutando por uma alma”, explicou. 


Os corpos foram encontrados em um estado avançado de putrefação por populares, segundo o Delegado Jair Paiva, do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) de Caxias. De acordo com ele, o documento do pastor foi encontrado em uma das vestes. Um dos corpos estava com a cabeça decepada. Jair Paiva explicou que pode ter sido ocasionado por algum animal silvestre na região, no entanto, a informação será levantada após a perícia.


As investigações ficarão a cargo da Polícia Civil do Maranhão.


Esposa revela discussão por conta do corretor


Janaína revelou que ela e o marido discutiram por sua aproximação com o corretor de veículos. Segundo ela, o único propósito do pastor era levar Raí para a igreja. 


“Antes de sair de casa, na segunda-feira, nós tinha brigado, a última vez que nós tivemos uma discussão por causa do Raí. Eu disse assim para ele: ‘Pai, você não conhece o Raí’. Ele disse assim: ‘Joana, eu vou ganhar o Raí para Jesus’. Foi a única coisa que ele disse. O pastor morreu? Morreu. Mas ele morreu fazendo uma coisa que ele gostava. Se ele morreu junto com o Raí, ele foi até o final por uma alma. Ele era um pastor de verdade. Ele não sabia do passado do Raí”, pontua. 


Apelo


A esposa finalizou pedindo para que as pessoas não compartilhassem as imagens dos corpos nas redes sociais. 


“Eu queria fazer um apelo para que não veiculassem o vídeo, porque o pastor ele tem uma família e o Raí também. E as cenas, como vocês viram, é uma cena muito forte. Até agora eu estou sem absorver aquelas cenas. Imagina se um filho dele ver uma cena daquela? Eu peço pelo amor de Deus, como ser humano”, finaliza. 


Mais
© Blog do Lucas Moura
Todos os direitos reservados.